Blefaroespasmo

   

Blefaroespasmo é um quadro muito comum, mas pouco conhecido pelo seu nome científico. Ele caracteriza-se pela contracção involuntária do músculo orbicular (responsável pelo fechamento dos olhos) de um ou ambos os olhos.

A pessoa que sofre da doença pisca ambos os olhos de maneira descontrolada, devido a uma pressão no músculo citado. É uma doença progressiva, que tem como sintomas iniciais rejeição à luminosidade e à poeira.

Na verdade, o blefaroespasmo é um tipo de distonia. Os sintomas surgem geralmente após os 50 anos e, cientificamente ainda não se sabe porque, mas a incidência maior é em mulheres.

A terapêutica com toxina botulínica é indicada também nesses casos, com grande margem de sucesso relatada pela literatura médica.


Diversas patologias, em crianças e adultos, podem acarretar lesões no sistema nervoso central e resultar na perda de controle e força muscular, pois os impulsos nervosos passam a ser emitidos de forma ineficiente ou descontrolada do cérebro para os músculos.

O uso da toxina botulínica: aplicada diretamente no músculo prejudicado, essa substância é capaz de bloquear a passagem do impulso nervoso para o músculo afetado, levando a um “relaxamento”.

Com o "relaxamento muscular" alcançado pela toxina botulínica, o paciente experimenta uma melhora na amplitude dos movimentos.



Diretora Clínica
Drª. Simone Amorim | CRM 98.656
Rua dos Pinheiros, 498, cj.152
Pinheiros, São Paulo - SP | CEP:05422-000
+55 11 2309-4590
vitaclinica@vitaclinica.com.br