Categorias: Notícias

Derivados da cannabis só são indicados quando tratamentos falham

Produzido por
Clínica Vita

Assessoria de Comunicação

Compartilhe

O assunto tem sido alvo de muita polêmica e, no meio dela, infelizmente, muita informação equivocada. O uso medicinal de canabinoides (substâncias derivadas da cannabis, a mesma planta da maconha), atualmente, já tem uma definição por parte da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), em vários casos, e já conta, também, com um parecer da Academia Brasileira de Neurologia.

O uso dessas substâncias é indicado na falha terapêutica dos tratamentos já consagrados. Para tanto, exige-se a prescrição pelo médico responsável e a apresentação de laudos que comprovem tal necessidade, além de termos de responsabilidade por parte do profissional que prescrever o tratamento.

Tanta cautela para que o uso seja feito somente em situações muito específicas dá-se pelo fato de que ainda não existem estudos conclusivos sobre os efeitos de longo prazo para o uso contínuo dessas substâncias nos pacientes, apesar de existirem evidências de efeitos benéficos imediatos dos canabinoides em alterações do sistema nervoso central e periférico.

Dessa forma, a orientação da Academia Brasileira de Neurologia para uso da substância restringe-se aos seguintes casos:

Epilepsias de dificílimo controle, após esgotadas todas as demais alternativas terapêuticas;

– Esclerose múltipla: no tratamento da espasticidade e da dor neuropática ou central, desde que esgotadas as demais possibilidades terapêuticas;

– Doença de Parkinson e outros distúrbios do movimento: o uso terapêutico só seria indicado em casos de distúrbios do movimento em que os tratamentos convencionais disponíveis falharam e a qualidade de vida do paciente esteja muito comprometida.

 

Produzido por
Clínica Vita

Assessoria de Comunicação

Recentes

Paralisia Cerebral: desafios e principais caminhos terapêuticos

A Paralisia Cerebral apresenta características e necessidades individualizadas, que exigem acompanhamento multidisciplinar e ajustado para cada caso. Veja as abordagens…

8 meses atrás

Como a Neuromodulação tem beneficiado pacientes com diversas condições

A Neuromodulação não invasiva tem ajudado pacientes com as mais diversas condições. O procedimento promove a plasticidade cerebral, através da…

8 meses atrás

Critérios para garantir uma aplicação segura de toxina botulínica

Hoje em dia, quase todo mundo já ouviu falar sobre os benefícios terapêuticos da toxina botulínica. Assim como já ocorreu…

1 ano atrás

Sinais, diagnóstico e tratamento da espasticidade na criança

Agora, uma conversa com pais e familiares. Espasticidade é o nome de um sintoma muito prevalente em crianças com comprometimentos…

1 ano atrás

Toxina botulínica: treinamentos com aulas práticas e estudos de casos na Clínica Vita

Não é por acaso que a Clínica Vita é atualmente o maior serviço privado do país na terapêutica com toxina…

1 ano atrás

Clínica Vita abre suas instalações para treinar médicos na terapêutica com toxina botulínica

Clínica Vita oferece treinamento a médicos de todo o país interessados na terapêutica com toxina botulínica na área neurológica. O…

1 ano atrás