Categorias: ArtigosDestaques

Dieta, exercícios e vida social ativa ajudam a prevenir o Alzheimer

Produzido por
Compartilhe

Anna Carolina Augusto Peres da Silva,
Geriatra

Considerado o tipo de demência mais frequente, a doença de Alzheimer apresenta como fator de risco principal a idade avançada, sendo, por isso, de grande preocupação entre os idosos.

Nos dias 19 e 20 de abril, especialistas nacionais e internacionais nas áreas de Geriatria, Neurologia e Psiquiatria se encontraram na cidade de São Paulo para compartilharem as últimas descobertas sobre a Doença de Alzheimer.

Os diversos estudos em andamento buscam entender melhor os mecanismos como a doença se desenvolve no organismo humano, para conseguir encontrar novas formas de tratamento, objetivando um dia encontrar a cura.

A prevenção se baseia em um tripé principal: dieta pobre em gorduras saturadas e rica em peixes e verduras; atividades físicas, sociais e mentais (como participação em grupos da terceira idade, cursos de informática ou aulas para aprender algum instrumento musical), e, evitar o desenvolvimento da síndrome metabólica (definida pela associação de diabetes, obesidade e hipertensão).

Os novos tratamentos para a Doença de Alzheimer já mostram alguns resultados interessantes. Um estudo francês tem evidenciado que a ingesta leve a moderada de álcool, em especial do vinho, parece ser neuroprotetor.

O novo suplemento nutricional Souvenaid favorece a estabilidade neuronal, e está indicado nos casos de transtorno cognitivo leve e fase inicial da demência.

O medicamento Solanezumab em fase III de estudo parece ser, em um futuro próximo, uma novidade medicamentosa interessante. Atuando na fisiopatologia da doença, o medicamento favorece o clearance da proteína B amiloide cerebral e, possivelmente, beneficiará os pacientes que estejam na fase leve da doença.

Os estudiosos orientam que os novos medicamentos e terapias em desenvolvimento não devem substituir e, sim, serem associados aos medicamentos já conhecidos – anticolinesterásicos clássicos.

Com tantas novidades sobre a doença de Alzheimer, enfatizamos que o principal ainda é a prevenção; e a mesma se baseia em um estilo de vida saudável, composto por atividades físicas regulares, participação social e uma dieta equilibrada.

 

Essa publicação foi atualizada em 26 de agosto de 2019 12:54

As opiniões expressas nesse artigo são de responsabilidade de seus respectivos autores.
Caso deseje entrar em contato conosco, escreva para blogdavita@vitaclinica.com.br
Produzido por

Recentes

Paralisia Cerebral: desafios e principais caminhos terapêuticos

A Paralisia Cerebral apresenta características e necessidades individualizadas, que exigem acompanhamento multidisciplinar e ajustado para cada caso. Veja as abordagens…

4 meses atrás

Como a Neuromodulação tem beneficiado pacientes com diversas condições

A Neuromodulação não invasiva tem ajudado pacientes com as mais diversas condições. O procedimento promove a plasticidade cerebral, através da…

5 meses atrás

Critérios para garantir uma aplicação segura de toxina botulínica

Hoje em dia, quase todo mundo já ouviu falar sobre os benefícios terapêuticos da toxina botulínica. Assim como já ocorreu…

1 ano atrás

Sinais, diagnóstico e tratamento da espasticidade na criança

Agora, uma conversa com pais e familiares. Espasticidade é o nome de um sintoma muito prevalente em crianças com comprometimentos…

1 ano atrás

Toxina botulínica: treinamentos com aulas práticas e estudos de casos na Clínica Vita

Não é por acaso que a Clínica Vita é atualmente o maior serviço privado do país na terapêutica com toxina…

1 ano atrás

Clínica Vita abre suas instalações para treinar médicos na terapêutica com toxina botulínica

Clínica Vita oferece treinamento a médicos de todo o país interessados na terapêutica com toxina botulínica na área neurológica. O…

1 ano atrás