Categorias: NeurologiaNotícias

Melhor qualidade de vida para portadores de doenças genéticas

Produzido por
Clínica Vita

Assessoria de Comunicação

Compartilhe

Quando as pessoas ouvem sobre certas patologias ou certos grupos de doenças pelos seus nomes científicos, muitas vezes têm a impressão de se tratar de um universo distante, longe da suas realidades no dia a dia. É o que acontece com as Neurolipidoses, um grupo de cerca de 40 doenças genéticas que comprometem vários sistemas e órgãos do corpo, cada uma com características distintas.

Trata-se, porém, de um tema para o qual é preciso chamar a atenção e levar esclarecimentos. Isso para que os diagnósticos ocorram de forma mais assertiva e, também, para que se jogue luz sobre os tratamentos e terapias disponíveis hoje, que podem influenciar decisivamente na qualidade de vida desses pacientes – e, por consequência, também na de seus cuidadores e familiares.

As Neurolipidoses, também conhecidas como doenças genéticas de ordem metabólica, não têm cura – pois, o que caracteriza uma doença genética é justamente o fato da desordem se dar no código genético, ou seja, no DNA do indivíduo; algo inalterável, portanto.

Porém, o que a ciência persegue são os meios de melhorar as condições de vida desses pacientes, sendo que a terapêutica com a toxina botulínica tem se mostrado uma grande aliada nesse sentido.

A neurologista infantil Simone Amorim, diretora clínica da Vita, falou sobre o tema para o Portal de Neurolipidoses, um canal de comunicação que é referência no país quando se fala em doenças metabólicas. Segundo ela, a Doença de Niemann Pick C é um exemplo de doença de ordem metabólica, em que o paciente se enquadra nas indicações para o tratamento com a toxina botulínica.

Em geral, esses pacientes apresentam sintomas como espasticidade (contração exagerada de alguns músculos, devido à perda de controle pelo cérebro), distonia (movimentos abruptos e involuntários) e sialorreia (salivação excessiva). Com a administração da toxina botulínica, em geral, verifica-se uma melhora significativa nesses sintomas, o que se reflete automaticamente na qualidade de vida desses indivíduos.

Para conferir a entrevista e saber mais sobre como funciona a terapêutica, suas indicações e os mecanismos de ação da toxina botulínica clique aqui.  A visita ao portal também vale a pena para se inteirar sobre as doenças metabólicas e os avanços científicos nessa área. E especificamente sobre a Doença de Niemann Pick, vale a pena também a visita ao portal http://www.niemannpickbrasil.org.br/. Boa leitura.

Produzido por
Clínica Vita

Assessoria de Comunicação

Recentes

Paralisia Cerebral: desafios e principais caminhos terapêuticos

A Paralisia Cerebral apresenta características e necessidades individualizadas, que exigem acompanhamento multidisciplinar e ajustado para cada caso. Veja as abordagens…

9 meses atrás

Como a Neuromodulação tem beneficiado pacientes com diversas condições

A Neuromodulação não invasiva tem ajudado pacientes com as mais diversas condições. O procedimento promove a plasticidade cerebral, através da…

10 meses atrás

Critérios para garantir uma aplicação segura de toxina botulínica

Hoje em dia, quase todo mundo já ouviu falar sobre os benefícios terapêuticos da toxina botulínica. Assim como já ocorreu…

1 ano atrás

Sinais, diagnóstico e tratamento da espasticidade na criança

Agora, uma conversa com pais e familiares. Espasticidade é o nome de um sintoma muito prevalente em crianças com comprometimentos…

1 ano atrás

Toxina botulínica: treinamentos com aulas práticas e estudos de casos na Clínica Vita

Não é por acaso que a Clínica Vita é atualmente o maior serviço privado do país na terapêutica com toxina…

1 ano atrás

Clínica Vita abre suas instalações para treinar médicos na terapêutica com toxina botulínica

Clínica Vita oferece treinamento a médicos de todo o país interessados na terapêutica com toxina botulínica na área neurológica. O…

2 anos atrás