Psiquiatra: quando procurar esse médico que cuida da mente?

Produzido por
Clínica Vita

Assessoria de Comunicação

Compartilhe

Ter saúde é gozar de um estado completo de bem-estar físico, mental e social. Esse é o consenso atual em voga em todo o mundo, oficializado inclusive pela OMS (Organização Mundial de Saúde). Mas, enquanto os cuidados com o corpo vão ganhando espaço, as necessidades da mente ainda enfrentam barreiras muito difíceis de contornar, a começar pelo receio de se procurar um psiquiatra.

A Psiquiatria é a especialidade médica que abrange todo e qualquer fenômeno relacionado à saúde mental do ser humano. Por isso, sempre que os sintomas psíquicos causem sofrimento, incômodo ou dificuldades para o indivíduo e/ou para as pessoas à sua volta, um especialista nessa área pode (e deve) ser consultado.

Mitos sobre a Psiquiatria

Por inúmeras razões, o atendimento psiquiátrico sempre foi cercado de estigmas. Mas, felizmente, isso vem mudando e tem permitido que os devidos cuidados de saúde mental se popularizem – até porque a assistência médica nessa área tem sido cada vez mais necessária, frente a toda a carga de estresse, desafios e pressões enfrentados no mundo moderno.

Sendo assim, já vai longe a ideia de que a atuação da Psiquiatria restringe-se apenas àquelas pessoas em total descontrole do seu estado psíquico ou que já tenham perdido a conexão com a realidade. Embora esses sejam pacientes que, sem sombra de dúvidas, necessitam ser assistidos por um psiquiatra, existem inúmeras outras situações em que é recomendável recorrer a esse especialista, tão logo os principais problemas comecem a surgir.

Psiquiatria & Psicologia

Sim, a Psiquiatria e a Psicologia trabalham em áreas muito próximas. São ciências diferentes, que normalmente se complementam muito bem no acompanhamento de inúmeros casos. Cada uma nos seus campos específicos de abordagem.

O psiquiatra é um médico. Como tal, ele está comprometido com o estado geral de saúde física do paciente, levando isso em consideração nas suas investigações clínicas e avaliações. Também está habilitado a prescrever medicações – muitas delas de uso controlado e essenciais no tratamento de diversos transtornos, incluindo diversos casos de depressão e ansiedade.

Como linha complementar ao tratamento, o psiquiatra pode indicar a Psicoterapia. Em geral, o suporte psicoterápico é muito bem-vindo!

Da mesma forma, cabe ao psicólogo encaminhar o paciente ao psiquiatra, quando observa a presença de um quadro que possa exigir tratamento medicamentoso, para uma melhor evolução do paciente.

Sinais de alerta de que vale a pena procurar um psiquiatra

– Sentimento de angústia / tristeza / desprazer sem razão aparente, que perdure por mais de quatro semanas;
– Ansiedade que impacte/atrapalhe/comprometa o bem-estar, as atividades laborais ou o convívio social;
– Fobia social;
– Insônias ou dificuldades de conciliar o sono (pesadelos persistentes, pensamentos obsessivos, etc.);
– Dependências químicas;
– Transtornos alimentares;
– Transtornos de sexualidade;
– Transtornos de desenvolvimento;
– Transtornos psicóticos.

Essa publicação foi atualizada em 17 de setembro de 2019 04:28

Produzido por
Clínica Vita

Assessoria de Comunicação

Recentes

Paralisia Cerebral: desafios e principais caminhos terapêuticos

A Paralisia Cerebral apresenta características e necessidades individualizadas, que exigem acompanhamento multidisciplinar e ajustado para cada caso. Veja as abordagens…

7 meses atrás

Como a Neuromodulação tem beneficiado pacientes com diversas condições

A Neuromodulação não invasiva tem ajudado pacientes com as mais diversas condições. O procedimento promove a plasticidade cerebral, através da…

7 meses atrás

Critérios para garantir uma aplicação segura de toxina botulínica

Hoje em dia, quase todo mundo já ouviu falar sobre os benefícios terapêuticos da toxina botulínica. Assim como já ocorreu…

1 ano atrás

Sinais, diagnóstico e tratamento da espasticidade na criança

Agora, uma conversa com pais e familiares. Espasticidade é o nome de um sintoma muito prevalente em crianças com comprometimentos…

1 ano atrás

Toxina botulínica: treinamentos com aulas práticas e estudos de casos na Clínica Vita

Não é por acaso que a Clínica Vita é atualmente o maior serviço privado do país na terapêutica com toxina…

1 ano atrás

Clínica Vita abre suas instalações para treinar médicos na terapêutica com toxina botulínica

Clínica Vita oferece treinamento a médicos de todo o país interessados na terapêutica com toxina botulínica na área neurológica. O…

1 ano atrás