Paralisia cerebral

   

Chama-se paralisia cerebral todo tipo de lesão em uma ou mais áreas do cérebro ocorrida na gestação, parto ou durante a infância, que acarretam em alterações neurológicas que podem afetar os movimentos corporais e a força muscular. Via de regra, a paralisia cerebral é caracterizada por ser a causa de um conjunto de sintomas que variam muito de paciente para paciente.

Apesar dos sintomas serem muito variáveis é normal o quadro que os quadros de paralisia cerebral envolvam a espasticidade (contração involuntária dos músculos), as dificuldades na fala e, também, comprometimentos da visão e da audição. A paralisia cerebral também pode ou não implicar em atraso no desenvolvimento intelectual, em níveis variados.

A paralisia cerebral pode ter origens em problemas congênitos, ou seja, de formação do feto. Por outro lado, este também pode ser um quadro adquirido por complicações no parto, como a falta de oxigenação cerebral ou, ainda, por lesões que afetem o cérebro da criança nos primeiros anos de vida.

A terapêutica com toxina botulínica para tratar sequelas da paralisia cerebral e outros quadros neurológicos está autorizada no Brasil pela Anvisa desde 1992. A literatura médica tem neste período descrito muitos casos de sucesso na reabilitação desses pacientes, sempre com significativos ganhos na qualidade de vida, uma vez que envolvem progressos na amplitude e capacidade de movimentos, menos dores, melhores respostas nas sessões de fisioterapia, por exemplo.


Diversas patologias, em crianças e adultos, podem acarretar lesões no sistema nervoso central e resultar na perda de controle e força muscular, pois os impulsos nervosos passam a ser emitidos de forma ineficiente ou descontrolada do cérebro para os músculos.

O uso da toxina botulínica: aplicada diretamente no músculo prejudicado, essa substância é capaz de bloquear a passagem do impulso nervoso para o músculo afetado, levando a um “relaxamento”.

Com o "relaxamento muscular" alcançado pela toxina botulínica, o paciente experimenta uma melhora na amplitude dos movimentos.



Diretora Clínica
Drª. Simone Amorim | CRM 98.656
Rua dos Pinheiros, 498, cj.152
Pinheiros, São Paulo - SP | CEP:05422-000
+55 11 2309-4590
vitaclinica@vitaclinica.com.br