Categorias: Artigos

Cirurgias na coluna estão mais precisas e menos invasivas

Produzido por
Clínica Vita

Assessoria de Comunicação

Compartilhe

Por Guilherme Foizer,
Ortopedista

Cirurgia minimamente invasiva é um conceito relativamente novo que envolve uma série de procedimentos que, ao mesmo tempo em que curam ou aliviam, procuram gerar menor trauma ao paciente (tanto em nível tecidual – ou seja, com o menor número de cortes, insições e manipulações possíveis – quanto num restabelecimento mais rápido).

Isso se dá através de incisões menores que levam a uma cicatriz menor e esteticamente mais aceitável. Mas a diminuição da cicatriz e a melhor aparência estética da mesma acabam por ser uma consequência de toda uma preocupação e esforços que vão muito mais além disso, do ponto de vista médico. Devemos ter em mente que a incisão (ou seja, o corte na pele) não é a única etapa de uma cirurgia.

O conceito de cirurgia minimamente invasiva também envolve o desenvolvimento de técnicas para que a manipulação de tecidos musculares e as lesões ósseas sejam as menores possíveis. A diminuição do nível de sangramento é outro item importante dentro dessas técnicas.

Na cirurgia da coluna, este conceito vem tomando grandes proporções nos últimos 20 anos, gerando, dentro das sociedades médicas, grupos específicos para estudá-lo e doutriná-lo .

Um grande desenvolvimento se deu nas técnicas de cirurgia endoscópica da coluna lombar, que hoje apresenta condições de proporcionar uma discectomia (cirurgia para retirar uma hérnia de disco) com apenas 2 ou 3 cortes de 1cm e alta hospitalar em 1 dia, por exemplo.

Muitas outras indicações para essas técnicas já existem, entre elas: fraturas, artodeses (cirurgia em que se usa parafusos na coluna) e até deformidades .

Sem dúvida, o futuro já chegou nesse sentido e a fase que estamos vivendo hoje pode ser considerada um grande passo para o bem estar do ser humano!

Dr . Guilherme Foizer é professor de ortopedia da Faculdade De Medicina São Camilo, ortopedista e traumatologista titular da sociedade brasileira de ortopedia  SBOT e membro titular da sociedade de cirurgia de coluna SBC.

Produzido por
Clínica Vita

Assessoria de Comunicação

Recentes

Paralisia Cerebral: desafios e principais caminhos terapêuticos

A Paralisia Cerebral apresenta características e necessidades individualizadas, que exigem acompanhamento multidisciplinar e ajustado para cada caso. Veja as abordagens…

6 meses atrás

Como a Neuromodulação tem beneficiado pacientes com diversas condições

A Neuromodulação não invasiva tem ajudado pacientes com as mais diversas condições. O procedimento promove a plasticidade cerebral, através da…

6 meses atrás

Critérios para garantir uma aplicação segura de toxina botulínica

Hoje em dia, quase todo mundo já ouviu falar sobre os benefícios terapêuticos da toxina botulínica. Assim como já ocorreu…

1 ano atrás

Sinais, diagnóstico e tratamento da espasticidade na criança

Agora, uma conversa com pais e familiares. Espasticidade é o nome de um sintoma muito prevalente em crianças com comprometimentos…

1 ano atrás

Toxina botulínica: treinamentos com aulas práticas e estudos de casos na Clínica Vita

Não é por acaso que a Clínica Vita é atualmente o maior serviço privado do país na terapêutica com toxina…

1 ano atrás

Clínica Vita abre suas instalações para treinar médicos na terapêutica com toxina botulínica

Clínica Vita oferece treinamento a médicos de todo o país interessados na terapêutica com toxina botulínica na área neurológica. O…

1 ano atrás