Categorias: ArtigosDestaques

Maçãs e outros cuidados que protegem a sua voz

Produzido por
Clínica Vita

Assessoria de Comunicação

Compartilhe

Joyce Fialho, Fonoaudióloga

Pesquisas indicam que 70% da população ativa usa a voz como instrumento de trabalho. São os chamados profissionais da voz: professores, locutores, atores, leiloeiros, cantores, advogados, políticos, vendedores ambulantes, operadores de telemarketing, líderes religiosos (pastores, padres etc). Tais profissionais não podem esquecer que a voz é o instrumento fundamental para o dia a dia. Na verdade, ninguém pode esquecer isso! “A voz é o espelho da alma” e merece atenção especial.

Entretanto, a maioria das pessoas desconhece algumas dicas que ajudam na boa utilização da voz. Vamos a algumas:

O tipo de alimentação: o que comemos influencia muito na saúde vocal, pois o refluxo pode irritar a mucosa da laringe e prejudicar
as pregas vocais ( popularmente chamadas de cordas vocais). A maçã atua como adstringente vocal e auxilia na preservação dessa mucosa.

O aquecimento vocal: da mesma forma que o atleta necessita de preparo e aquecimento físico na hora de realizar atividades físicas, o atleta da voz também precisa  de aquecimento para preparar e manter sua  qualidade vocal. O uso incorreto da voz pode gerar uma série de problemas. Portanto, fale baixo e devagar, mas não cochiche, pois estará realizando o mesmo esforço como o feito para gritar.

Importância da hidratação: mantenha-se hidratado, ingerindo líquidos durante todo o dia, dando preferência a água em temperatura ambiente.

Por outro lado, o cuidado com a voz e a prevenção da saúde vocal também passa pela eliminação de algumas crendices e o conhecimento do que evitar. Destaquemos alguns:

Conhaque ou qualquer outra bebida alcoólica: NÃO, essas substâncias NÃO são  benéficas para saúde em geral e nem aquecem a voz. As bebidas alcoólicas, assim como o cigarro, são PREJUDICIAIS ao aparelho vocal.

O hábito de pigarrear: isso NÃO limpa as cordas vocais. Antes, pelo contrário, as agride.

Rouquidão: há quem ache charmoso, mas ela pode ser um sintoma de problemas sérios. Uma rouquidão que persista por mais de 15 dias deve ser verificada por um especialista. Procure um otorrinolaringologista ou um fonoaudiólogo.

Pastilhas: elas só anestesiam temporariamente a área irritada, trazendo algum conforto para a pessoa. Mas NÃO melhoram as causas da rouquidão.

Ar condicionado: a permanência durante muito tempo em ambiente com ar condicionado, assim como as mudanças bruscas de temperatura são fatores que agridem a saúde vocal.

Produzido por
Clínica Vita

Assessoria de Comunicação

Recentes

Paralisia Cerebral: desafios e principais caminhos terapêuticos

A Paralisia Cerebral apresenta características e necessidades individualizadas, que exigem acompanhamento multidisciplinar e ajustado para cada caso. Veja as abordagens…

9 meses atrás

Como a Neuromodulação tem beneficiado pacientes com diversas condições

A Neuromodulação não invasiva tem ajudado pacientes com as mais diversas condições. O procedimento promove a plasticidade cerebral, através da…

9 meses atrás

Critérios para garantir uma aplicação segura de toxina botulínica

Hoje em dia, quase todo mundo já ouviu falar sobre os benefícios terapêuticos da toxina botulínica. Assim como já ocorreu…

1 ano atrás

Sinais, diagnóstico e tratamento da espasticidade na criança

Agora, uma conversa com pais e familiares. Espasticidade é o nome de um sintoma muito prevalente em crianças com comprometimentos…

1 ano atrás

Toxina botulínica: treinamentos com aulas práticas e estudos de casos na Clínica Vita

Não é por acaso que a Clínica Vita é atualmente o maior serviço privado do país na terapêutica com toxina…

1 ano atrás

Clínica Vita abre suas instalações para treinar médicos na terapêutica com toxina botulínica

Clínica Vita oferece treinamento a médicos de todo o país interessados na terapêutica com toxina botulínica na área neurológica. O…

2 anos atrás