Categorias: DestaquesNotícias

Pele exige cuidados especiais no inverno

Compartilhe

Quem cuida da pele só no verão, achando que é somente nessa altura do ano que o sol faz mal e que a pele exige proteção especial está cometendo um grande engano.

Segundo a dermatologista Tallita Rezende, o erro mais comum durante o inverno é abrir mão do filtro solar. “Diferentemente do que muitos pensam, a incidência de raios solares também é muito intensa nesta época do ano, especialmente em países tropicais como o Brasil”, salienta.

Além disso, nesta época do ano, alguns problemas de pele típicos da estação costumam aparecer.

“Nesta altura, algumas doenças como dermatites, psoríase e seborréia (caspa) também tendem a piorar”, aponta.

Os banhos excessivamente quentes e o excesso de uso de buchas e sabonetes acabam por irritar a pele e deixar as pessoas mais predispostas a esses problemas. Outro efeito indesejado dos banhos excessivamente quentes pode ser o surgimento de acnes, como uma reação da pele que teve a sua camada natural de gordura agredida e, por isso, tem de produzir mais sebo como compensação.

O uso de mais cosméticos, sem o devido cuidado para retirar a maquiagem, também é outro fator que pode contribuir fortemente para o surgimento das espinhas. Além disso, deixar a maquiagem na pele é algo que comprovadamente está relacionado ao envelhecimento precoce da mesma.

A especialista preparou uma lista com as principais dicas dos cuidados essenciais da pele para o inverno:

  1. Banhos: devem ser rápidos, com água morna e sem bucha. Evite sabonetes em barra e prefira os líquidos cremosos.
    Filtro solar: a rotina de utilização do filtro solar deve ser mantida. O produto deve ser aplicado pela manhã, antes de sair, sob a maquiagem. Homens também precisam usar.
  2. Hidratação: procure hidratantes para o seu tipo de pele (seca, normal ou oleosa). Use esses produtos após o banho. As pessoas – geralmente os homens – que não são adeptos a hidratantes comuns após o banho, devem usar óleos ou hidratantes durante o banho, retirando apenas o excesso no último enxague.
  3. Evite adstrigentes com álcool e prefira loções suaves de limpeza, que são menos agressivas. Em caso de dúvida, peça orientação ao seu dermatologista.

Produzido por
Clínica Vita

Assessoria de Comunicação

Recentes

Neuroplasticidade: a incrível capacidade de adaptação do cérebro humano

Que o cérebro humano é um fantástica central de processamento de informações, programação e distribuição de comandos, você certamente já…

2 meses atrás

“Manhãs da Vita”: especialistas esclarecem ao vivo dúvidas sobre temas de saúde

Temos uma novidade para você: a partir deste mês, uma vez por semana, um especialista do nosso Corpo Clínico estará…

2 meses atrás

AVC: uma pandemia silenciosa

Os acidentes vasculares cerebrais são hoje as principais causas de incapacidade em todo o planeta e a segunda maior causa…

2 meses atrás

Pandemia aumenta riscos de complicações em pacientes com doenças crônicas

Os riscos da pandemia do novo coronavírus vão muito além da Covid-19. Após quase um semestre de mudanças na rotina…

3 meses atrás

Covid-19: seis hábitos indispensáveis dentro do chamado “novo normal”

O isolamento social vai sendo afrouxado, mas o novo coronavírus e a Covid-19 ainda são uma realidade a ser enfrentada,…

3 meses atrás

Cuidados para que o isolamento social não se transforme em solidão e abandono para os idosos

Mesmo com a tendência atual de governos e sociedades afrouxarem a quarentena, a população idosa segue sob a recomendação de…

3 meses atrás