Categorias: DestaquesNotícias

Tratamento da Paralisia Cerebral pode e deve combinar terapias

Compartilhe

No quinto e último vídeo da série sobre Paralisia Cerebral, a neurologista infantil e neurofisiologista Simone Amorim, enfatiza que esse diagnóstico NÃO  é uma sentença de vida vegetativa e sem alternativas para a criança. Hoje, com as abordagens multidisciplinares, as terapêuticas avançadas e diversificadas, que podem e devem ser combinadas entre si, dentro de todo um moderno conceito de Neurorreabilitação, há muito o que se fazer por esses pacientes. Os tipos e os graus de comprometimentos variam muito entre cada caso, sendo fundamental um plano de ação individualizado para garantir a evolução desses indivíduos dentro de suas condições.

Essa publicação foi atualizada em 12 de fevereiro de 2019 17:59

Agende sua consulta com um de nossos especialistas!


* Campos obrigatórios

Recentes

Tratar a depressão inclui o desafio de vencer preconceitos e estigmas

Além do sofrimento causado pela doença, quem sofre de depressão também têm de lidar com o preconceito e com a…

14 horas atrás

Qual é a hora certa de visitar um cardiologista?

Que o cardiologista é o grande amigo do nosso coração, todo mundo já sabe. Mas será que damos mesmo chances…

2 dias atrás

Conheça os principais sintomas da enxaqueca

Muitas pessoas, quando sentem alguma dor de cabeça, dizem logo que estão com enxaqueca. Nas novelas, também são comuns as…

5 dias atrás

Famosos abrem o jogo sobre a depressão

Cada vez mais, celebridades têm vindo a público revelar a luta contra a depressão. Para especialistas no assunto, isso ajuda…

1 semana atrás

Medidas simples que ajudam no controle do colesterol

A tendência hoje é falarmos mais em controle, e não em combate ao colesterol. Você sabe por quê? Porque colesterol…

1 semana atrás

Sarampo: neurologista explica os riscos das sequelas em jovens adultos

Prossegue até o dia 16 deste mês a Campanha de Vacinação contra o Sarampo no Estado de São Paulo. Trata-se…

2 semanas atrás