Categorias: Artigos

Cuidados com a pele no verão

Produzido por
Dra. Tallita Rezende

Dermatologista

Compartilhe

Por: Dra. Tallita Rezende de Souza e Santos, dermatologista e cosmiatra

O verão está aí e a saúde da pele merece atenção redobrada. A exposição inadequada ao sol causa o envelhecimento precoce, promove rugas e manchas, além de ser o principal responsável pelo câncer de pele.

O efeito da radiação solar é cumulativo e seus danos, como manchas, pintas e câncer de pele só se manifestarão alguns anos mais tarde.
Porém o sol pode e deve ser aproveitado sem causar agressões à sua pele. Algumas orientações são importantes:

  • A pele leva 2 a 3 dias para produzir e liberar a melanina, pigmento que dá a cor bronzeada à pele. Ficar muito tempo no sol em um mesmo dia, não acelera o bronzeamento da pele, só causa queimaduras, levando a danos como o câncer de pele.
  • Alimentos ricos em betacarotenos como cenoura, abóbora, mamão, maçã, manga e beterraba podem ajudar na prevenção do dano que o sol causa à pele.
  • É importante aumentar a ingestão de líquidos para pelo menos 2 litros por dia no verão. Abuse da água, suco de frutas e da água de côco.
  • Entre as 10 e 16 horas os raios ultra-violeta B têm grande incidência e são o principal responsável por queimaduras e pelo câncer de pele. Evite expor-se ao sol neste período.
  • O filtro solar deve ser aplicado, cuidadosamente em todo o corpo, 30 minutos antes de iniciar a exposição ao sol. E deve ser reaplicado a cada 2 horas ou em caso de transpiração excessiva, permanência na água ou prática de esportes.
  • Use um fator de proteção solar (FPS) 30 ou maior.
  • O filtro solar deve ser usado diariamente nas áreas de pele expostas ao sol. Não se esqueça das orelhas, pés, mãos e lábios.
  • O principal local de ocorrência do câncer de pele é a face. Use bonés, viseiras, chapéus, óculos escuros e barracas de praia grossas.
  • Cuidado com a luz refletida. A luz do sol reflete na areia, no concreto e na neve, atingindo a pele, mesmo na sombra.
  • Os dias nublados também exigem o uso do filtro solar, pois nestes dias 40% a 60% da radiação solar atravessam as nuvens e chegam à Terra.
  • O bronzeamento artificial também causa dano à pele. Os dermatologistas não recomendam o uso de substâncias que promovam um bronzeamento acelerado.
  • As lesões de pele causadas pelo sol devem ser prevenidas desde cedo. O uso do filtro solar é recomendado a partir de seis meses de idade, devendo ser aplicado um produto adequado para a pele sensível da criança. Você pode pedir orientação a um dermatologista sobre qual o melhor filtro para cada caso.
  • Cerca de 80% da exposição solar acumulada durante a vida ocorre dos 0 aos 20 anos de idade, sendo muito importante a proteção solar nesta faixa etária.

O câncer de pele é o tipo de câncer mais incidente no Brasil. Junto às medidas preventivas listadas acima, é importante visitar um dermatologista pelo menos uma vez ao ano. Uma lesão maligna na pele, quando detectada precocemente, tem cura!

Pessoas que apresentam feridas na pele com duração maior que quatro semanas sem cicatrização, variação na cor de sinais, manchas que coçam, ardem, descamam ou sangram, devem ir o mais rápido possível ao dermatologista.

Essa publicação foi atualizada em 26 de agosto de 2019 12:41

As opiniões expressas nesse artigo são de responsabilidade de seus respectivos autores.
Caso deseje entrar em contato conosco, escreva para blogdavita@vitaclinica.com.br
Produzido por
Dra. Tallita Rezende

Dermatologista

Recentes

Paralisia Cerebral: desafios e principais caminhos terapêuticos

A Paralisia Cerebral apresenta características e necessidades individualizadas, que exigem acompanhamento multidisciplinar e ajustado para cada caso. Veja as abordagens…

7 meses atrás

Como a Neuromodulação tem beneficiado pacientes com diversas condições

A Neuromodulação não invasiva tem ajudado pacientes com as mais diversas condições. O procedimento promove a plasticidade cerebral, através da…

7 meses atrás

Critérios para garantir uma aplicação segura de toxina botulínica

Hoje em dia, quase todo mundo já ouviu falar sobre os benefícios terapêuticos da toxina botulínica. Assim como já ocorreu…

1 ano atrás

Sinais, diagnóstico e tratamento da espasticidade na criança

Agora, uma conversa com pais e familiares. Espasticidade é o nome de um sintoma muito prevalente em crianças com comprometimentos…

1 ano atrás

Toxina botulínica: treinamentos com aulas práticas e estudos de casos na Clínica Vita

Não é por acaso que a Clínica Vita é atualmente o maior serviço privado do país na terapêutica com toxina…

1 ano atrás

Clínica Vita abre suas instalações para treinar médicos na terapêutica com toxina botulínica

Clínica Vita oferece treinamento a médicos de todo o país interessados na terapêutica com toxina botulínica na área neurológica. O…

1 ano atrás