Estamos em plena Semana de Aleitamento Maternoe essa é uma causa que apoiamos com a máxima empolgação.

Sempre que temos oportunidade, gostamos de chamar a atenção para um aspecto ainda pouco difundido em relação ao tema: a importância do aleitamento materno no desenvolvimento neuropsicomotor da criança.

Amamenta A Mamar no peito beneficia o desenvolvimento neuropsicomotor

Inúmeros componentes e nutrientes do leite da mãe estão, comprovadamente, relacionados ao desenvolvimento cerebral da criança. Vejamos alguns deles:

  • Os ácidos graxos desempenham papel fundamental nos sistemas que vão permitir o bom desenvolvimento da fala e da aprendizagem. Esses elementos químicos atuam no desenvolvimento do córtex cerebral, onde têm um grande papel na formação das sinapses (conexões entre os neurônios);
  • Já as proteínas, o cálcio, o fósforo, o magnésio e a lactose são nutrientes indispensáveis para o desenvolvimento motor. Afinal, esses elementos estão diretamente relacionados à formação muscular e ao sistema que permite a contração e o relaxamento dos músculos do ser humano;
  • Zinco, cobre, selênio, iodo e ferro são minerais que também estão presentes no leite materno e são fundamentais para o desenvolvimento e a proteção do sistema nervoso;

É sempre bom lembrar que, para além da presença de nutrientes que influenciam diretamente na química cerebral, o ato de mamar no peito também envolve um exercício mecânico, que é de extrema importância para a criança.

neuropsicomotor Mamar no peito beneficia o desenvolvimento neuropsicomotor

A sucção, embora pareça fácil, exige do bebê esforços que irão estimular a sua coordenação motora e também estimular o desenvolvimento musculoesquelético da face, beneficiando, futuramente, os processos de articulação para a fala e a mastigação.