idoso historia 3 Contar histórias ajuda a afastar risco de depressão em idosos

Rememorar fatos do passado é um processo importante na prevenção da depressão em idosos

Anna Carolina Peres,
Geriatra

Com o Dia dos Avós (26 de julho) se aproximando, venho orientar sobre a prevenção da depressão entre os idosos.  Afinal, viver muitos anos é bom, mas com qualidade e alegria, não é mesmo ?

O problema é que com o envelhecimento muitos fatores concorrem para aumentar o índice de de depressão nessa faixa etária. É importante sabermos o porquê desse fato, para fazermos o tratamento e a prevenção.

É importante ressaltar também que o idoso em depressão apresenta uma clínica diferenciada, que pode dificultar o diagnóstico. Esquecimentos, dores crônicas, que não melhoram com os analgésicos, insônia ou sonolência excessiva são alguns sintomas atípicos, que merecem observação.

Alguns motivos relacionados à alta prevalência da depressão entre os idosos:

– A perda do cônjuge e de outros familiares e amigos são ocorrências mais frequentes nessa fase da vida, aumentando a sensação de solidão;

– Aposentadoria – principalmente quando a pessoa para de realizar atividades que que lhe traziam prazer e satisfação, sem estruturar o tempo livre para outras funções;

– Doenças: problemas de saúde que implicam em menor capacidade para realizar tarefas – como uma dor crônica nos joelhos, que atrapalha para passear, ou o cansaço decorrente de uma insuficiência cardíaca – afetam muito a parte emocional e psicológica.

Uma das maneiras que alguns estudiosos têm divulgado para prevenção da depressão é o contar de histórias por parte dos pacientes.

Idosos geralmente adoram contar histórias que viveram na juventude, não é mesmo?! Então, ao invés de “implicar” com ele dizendo “ Vô, de novo esta história, o senhor já contou”, uma proposta terapêutica é justamente incentivá-lo a rememorar seu passado, inclusive colocando-o no papel. Relembrar é reviver!

idosos historia 1024x681 Contar histórias ajuda a afastar risco de depressão em idosos

O convívio social é um fator muito importante na maturidade

Ao lembrar de uma época em que se era jovem, com a saúde perfeita, energia e atividades plenas, a pessoa se esquece por momentos dos seus problemas atuais. Isso ajuda também a gerar um sentimento de gratidão à vida – “ que bom que vivi tal experiência quando mais novo”.

Fica aqui a dica: vamos incentivar nossos idosos a relembrar suas histórias de vida.
Se a realidade atual é repleta de dificuldades físicas ou emocionais – afinal, envelhecer não é simples ou fácil – por que não voltar no tempo, para a época em que tudo era bom ?

A velhice pode ser uma fase repleta de alegrias! Desejo um ótimo Dia dos Avós a todos!