Categorias: NeurologiaNotícias

Especialistas listam os benefícios do banho de sol para a saúde

Compartilhe

Estudos têm comprovado que a luz solar traz inúmeros benefícios ao organismo, se for aproveitada da maneira correta. Por isso, o verão, que com os seus dias quentes e ensolarados representa um convite às atividades ao ar livre, pode ser uma grande oportunidade para dar um start em um novo estilo de vida, com ganhos que se propagarão por todo o ano.

Abaixo, a opinião de especialistas sobre o tema:

Coração

Um estudo científico, noticiado nesta semana pelo “Journal of Investigative Dermatology”, um periódico da revista Nature, relaciona a exposição ao sol com a redução da pressão arterial, diminuindo, assim, o risco de ataque cardíaco e acidente vascular cerebral.

A pesquisa indica que a exposição aos raios solares eleva a produção de óxido nítrico pelo organismo, o que ajuda a reduzir a pressão arterial – e as doenças cardiovasculares geralmente estão associadas ao aumento da pressão. O estudo preliminar sugere que a exposição solar durante 30 minutos pode ser bastante benéfica para esse efeito.

Independentemente da comprovação do que sugere a pesquisa, o cardiologista Aécio Gois vê na estação grandes oportunidades para a adoção de hábitos e mudanças positivas no estilo de vida, que irão resultar na diminuição dos riscos cardíacos.

“É hora de aproveitar esta época tão iluminada e convidativa e começar, por exemplo, a incorporar a prática da caminhada à rotina diária. Caminhando 30 minutos pela manhã ou no final da tarde, todos os dias, a pessoa já diminui substancialmente os riscos cardíacos”, indica o especialista. “O que não adianta é a pessoa fazer uma exposição solar de 30 minutos e continuar a cultivar hábitos nocivos, como o sedentarismo, o tabagismo e uma dieta desequilibrada”, ressalta.

Cérebro

A neurologista infantil Simone Amorim, que também é doutora em Neurogenética e especialista em Neurofisiologia, explica que a exposição solar também é benéfica ao cérebro.

“Sabemos que a exposição solar ajuda na síntese da serotonina, substância presente no cérebro, que é importantíssima na regulação do humor”, diz.

Pessoas deprimidas, geralmente, têm baixos níveis de serotonina. “Sair de casa, dar um passeio ou simplesmente tirar alguns minutos por dia para um banho de sol é, sim, algo que pode fazer diferença nesse sentido”, explica a médica.

Isso sem contar que esses breaks também podem fazer muito bem contra o estresse, gerando amplos benefícios para o organismo como um todo.

Ossos

Para a saúde dos ossos, o sol é  essencial. Para que o organismo seja capaz de absorver o cálcio presente nos alimentos que ingerimos, ele precisa também de Vitamina D. Uma substância que só é produzida pelo nosso corpo na presença de raios solares.

“Cerca de 15 minutos por dia, antes das 10 horas da manhã, já é o suficiente para estimular a produção dessa vitamina”, afirma o ortopedista e cirurgião da coluna Guilherme Foizer.

Ossos descalcificados estão mais propensos a fraturas. A osteopenia e a osteoporose são dois quadros que podem se instalar, com o avanço da idade, por causa dos baixos níveis de cálcio no organismo, limitando muito a mobilidade.

Pele

A dermatologista Tallita Rezende ressalta que a luz solar tem efeito anti-inflamatório sobre muitas doenças de pele e a exposição regular, por períodos pré-estabelecidos e em horários propícios, costuma ser prescrita em diversos casos.

Porém, o mesmo sol que cura pode ser um inimigo da pele. Tudo é uma questão de saber observar o horário da exposição e tomar as medidas essenciais de fotoproteção, conforme sublinha a médica. Assim, nunca é demais lembrar: banhos de sol devem tomados sempre antes das 10 horas e depois das 16 horas; e o uso de filtro solar é indispensável, todos os dias.

Outra dica da médica é a ingestão de alimentos ricos em betacaroteno (como cenoura, papaia e beterraba). Essa substância ajuda a dar à pele aquele ar mais corado e viçoso, ao mesmo tempo em que fortalece as defesas do organismo contra a ação dos raios ultravioleta e ajuda a retardar o envelhecimento cutâneo.

Essa publicação foi atualizada em 19 de setembro de 2019 20:26

Produzido por
Clínica Vita

Assessoria de Comunicação

Recentes

Sialorreia: um sintoma que precisa ser observado no paciente neurológico

Comum em pacientes com quadros neurológicos, a sialorreia é caracterizada pela dificuldade na retenção e deglutição da saliva ou pela…

2 meses atrás

Tratamentos com toxina botulínica em foco entre Neurologistas Infantis

As terapias realizadas com toxina botulínica na área da Neurorreabilitação têm chamado cada vez mais atenção dos especialistas em Neurologia…

2 meses atrás

Por um olhar mais atento às doenças raras nos atendimentos de Saúde

Enfermeiros de todo o Brasil se reuniram em Salvador (BA), para se aprofundarem em protocolos de atendimento e no conhecimento…

2 meses atrás

Fonoaudióloga da Vita também brilha nos palcos como cantora

A fonoaudióloga Simone Sperança, que integra o Corpo Clínico da Vita e é responsável pelo setor de Audiologia da clínica,…

2 meses atrás

Especialistas da Vita falam no maior evento de Neurologia Infantil do país

Especialistas da Clínica Vita darão palestras e workshops durante o Congresso Brasileiro de Neurologia Infantil, que acontece em Recife, de…

3 meses atrás

Dia da Paralisia Cerebral é celebrado com ações inclusivas em todo o mundo

Especialistas e pacientes da Clínica Vita participam do I Encontro do Dia Mundial da Paralisia Cerebral, em piquenique no Parque…

4 meses atrás